sábado, 22 de maio de 2010

Semblante

O seu semblante,  o seu porte, o seu jeito

Não encontrei neles defeitos.

E catei os menores que fossem.

Mesmo que a mente cegasse o olhar.

Minha vida passa através de você

Com o peito manchado de sangue

E a bela lembrança tão forte, tão firme.

A boina, a estrêla, a recordação.

A foto

A lembrança

O passado

O leve sorriso marcado

Por  frias revoltas ou doces ilusões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Preciso colo de mãe

Preciso alguém que me diga boa noite ou bom dia. Preciso alguém que se preocupe comigo, me queira bem. Preciso alguém que me d...