sábado, 22 de maio de 2010

A Cidade dos Sonhos


De repente me vejo nessa cidade
Onde não há pranto nem ranger de dentes
Onde os peixes respiram de verdade
Onde não há falta de água e nem enchente.

Onde o leopardo passeia com a corsa
Onde ninguém força a natureza para viver
Onde a andorinha voa com o gavião
Onde o coração é a fonte do saber.

De repente me vejo nessa cidade
Onde não há guardas e também não há ladrões
Onde todo o humano é amigo de verdade
Onde qualquer ser vive em paz com o seu irmão.

De repente me vejo nessa cidade
Onde o salário é maior que a inflação
Onde o homem e a mulher vivem sem maldade

E todo humano não conhece a solidão
Nessa cidade mora a felicidade
Sendo encontrada no fundo do coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Preciso colo de mãe

Preciso alguém que me diga boa noite ou bom dia. Preciso alguém que se preocupe comigo, me queira bem. Preciso alguém que me d...