Postagens

Não Tens o Ninho

Imagem
Ai, quem me dera nessa data, Tivesse desprendimento na alma E pudesse gritando dizer: De toda a dor que sinto Que é verdade, eu não minto, Fui eu que te ajudou a nascer! Mas, quisera na eternidade, Seja revelado com força e vontade A dor do dissabor em meu viver. Do quanto negastes a minha existência No dia em que perdestes a decência E renunciastes ao meu viver. Porém quis Deus – e assim o fez Louvar ao que sinto dentro de mim, E compartilhou, não repartiu, Todo o orgulho que sentia de você. Assim, ELE me ofereceu uma filha, Trouxe - me das lágrimas a alegria, Fez o meu ser renascer. E ainda roubastes outra nascença Arrancando – me sem complacência A neta que tanto quis ter. Agora segues teu caminho Num labirinto sem o ninho, Que tantas vezes te acolheu.

A energia faltou

Imagem
E de repente, ficou tudo escuro no norte, no nordeste, no Brasil. A energia elétrica apagou.  E parece que as pessoas meio que zumbis, despertavam paulatinamente entre a escuridão elétrica e a beleza das estrelas a nos iluminar. E eis que atônitas saíram portas afora, cruzaram aos muros e buscavam a realidade. E, sim! o trânsito ficou ainda mais caótico - mas, o quê dizer? E se o pânico aterrorizava por temer o final do mundo, era interessante perceber que todos se entreolhavam como se estivessem impactados e impacientes. E, enquanto isso, as crianças mergulhadas na pureza da infância, descobriam o quanto é fácil brincar sem o "poder" doentio da tecnologia, visto que tablets, celulares, games e tudo o mais foram abandonados. E ao passar das horas, minutos ou segundos se esticavam, e eis que os capítulos das novelas eram comentados como há muito não se fazia. E, elevadores ficaram esquecidos, dando oportunidade para que escadas fossem utilizadas e as velas aquecessem com chamas prec…

Vestirei branco

Imagem
Hoje vestirei branco para compor a minha alma.  E farei da cor, a iluminação por todo o meu dia. Buscarei sentir através da cor, a presença da LUZ. Adoçarei  aos meus sentidos com o perfume do amor. Certamente, diante dos inúmeros problemas que o cotidiano nos oferece,  - Me sentirei tentada -  Mas não vou externar essa saudade. Vou apenas lembrar e relembrar. Recordarei insistentemente tudo o que vivi,  Tudo o que pude absorver, enquanto da sua existência. Decifrarei o sentido da palavra f a m í l i a ... ( não apenas em álbum de fotografias, nem tampouco em alegrias). Constituirei o que puder compor e descompor, Da própria vida, E seguirei tocando, a minha solitária lida..
Imagem
Queria ter orgulho de ser brasileira Falar aos netos e filhos da nossa nação. Mas, o que desperta nessa terra É a podridão e a corrupção.
Eis a pátria violentada, Desunida e descarada, Infame e varonil, Desperta me arrepios.
São tantas decepções Desilusões e orgias Parecem fantasias Ou totais enganações.
Matam Marias e Josés Tiram a terra e até o pão. Rasgam até a constituição, Nesse país de ladrão.
E de tudo o  que se fala,, se diz ou se alastra O certo é compreender: Se o judiciário é vergonhoso, é escroto Nada mais a que se fazer.

Indiscutível

Imagem
Então, quando me dei por conta, O ontem é hoje, E o hoje já se tornou o amanhã. Perplexa diante do tempo, Pergunto como é possível demarcar as nossas vidas.
Se nem somos capazes De nos certificar... ... diante das horas que se passam, Dos minutos que se debatem, Ou dos segundos que se esvaem. É complexo, inusitado e impossível... .... É magnânimo, é magnífico!
Somos livres para reagir, Capazes de discernir, Indisciplinados para amar, Indignos de reanimar, ou sonhar. Temos a fé e a solidão, A dor e a comoção, A maldade, a ingratidão.
Cremos em Deus ou Satanás Nos julgamos o Barrabas, Judas Iscariotes, ou algo mais... E frutos da perdição Não encontramos a solução.

Os seus primeiros passos

Imagem
Então, fiquei a pensar numa letra de uma música que tivesse algumas semelhanças entre as nossas vidas, e foi aí que ...
“Você é assim/Um sonho pra mim/E quando eu não te vejo Eu penso em você/Desde o amanhecer/Até quando eu me deito Eu gosto de você/E gosto de ficar com você/Meu riso é tão feliz contigo/O meu melhor amigo é o meu amor. E a gente canta/E a gente dança/E a gente não se cansa/De ser criança/Da gente brincar/Da nossa velha infância. Seus olhos, meu clarão/Me guiam dentro da escuridão/Seus pés me abrem o caminho/Eu sigo e nunca me sinto só”.
Minha Luy, você é assim. e eu sou agradecida a Deus por me conceder o direito de que seja minha filha!  Um orgulho imenso de estar ao seu lado nesses primeiros passos na universidade. Feliz daquele que pode nesse mundo tão miserável e ingrato unir as mãos e dizer: Obrigada Senhor porque a minha filha é a presença da Tua misericórdia em minha vida: Deus lhe abençoe, conte comigo, pois somos almas gêmeas por toda a eternidade.

Quem sabe um dia.

Imagem
Sinto a dor da saudade. Sinto que existe o que não existe mais. É a dor do sofrimento, Da perda, Das lembranças. É o nunca mais, A impotência, A inutilidade, A falta de palavras, É o vazio. É sentir corroer o corpo E dilacerar a alma. É a tortura do silêncio que atormenta. E dói, dói muito. Sabemos que perdemos, De nada adianta buscar a aceitação Não somos auto suficiente Somos sim, prepotentes. Buscamos dizer da reação Do quanto podemos reagir! E o precipício é tão alto Até nos amedronta. Fingir que superamos tranquilamente, É uma fuga ainda maior para dentro de si. O jogo está perdido: xeque mate. Esperança? Quem sabe, um dia o reencontro.