sábado, 30 de maio de 2015

A Arte da Sedução.





O desgaste é desnecessário a vitalidade.
A sensação tende a envolver a ideia
Há uso excessivo de força para coisas simples,
É algo do estilo:
 "usar força de 1 quilo para levantar um objeto de 200 gramas".
Convém organizar direitinho aos afazeres,
O risco é se desgastar demais
Ter que usar uma força especial
Perceber que se exauriu.
Mas a ideia é mudar esta tendência.
Ter consciência do processo
Se organizar melhor
Evitar a perda desnecessária de vitalidade
É validar os quereres.
É como se quisesse uma coisa, mas os atos
Contrariassem o próprio objetivo!
É dever avaliar esta tendência neste momento!
Se tem que acordar cedo amanhã, para que perder noite?
Não é inteligente marcar coisas demais
Melhor concentrar as próprias energias vitais
Não force o nada. Haverá muito tempo, afinal!
Abra seu coração para o conhecimento,
Revele novas possibilidades.
Talvez seja necessário oferecer uma perspectiva nova,
Até mesmo melhorar as relações antigas
Conversar com gente que gosta de gente
Ter uma melhor perspectiva de si através do olhar dos outros.
Permitir-se perceber como uma pessoa sedutora e querida
Ainda que não faça nada.


sábado, 23 de maio de 2015

Espontaneidade





Não posso ser espontânea
Nem agir como tal.
Dizer o que dá na veneta
Tampouco com falsidade
Em sensações desagradáveis.
É preciso estratégia
Agir com diplomacia
Lidar com as dificuldades
Andar pelas beiradas
Evitar confrontos diretos
Viver em sociedade
Aprender a sorrir
A ser paciente
E sorrir recompensada.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Investigar as raízes fortalece a árvore

     



Convoco a sua alma 
A se voltar para o passado,
E meditar.
E refletir questões que ficaram mal resolvidas,
Ou mesmo apegos ainda não superados.
O momento não é de agitação
... E sim de pausa, 
De reflexão.
É possível descobrir
As reais necessidades emocionais.
A alma neste momento, sofre.
Mas, a fase é para conversar
Com um amigo muito íntimo?
Com um analista??
Com alguém que já lhe foi importante no passado?
Retornar ao passado
Muitas vezes, nos tornar melhor no futuro.
Lembrar o passado
Evita repetições infelizes...

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Meus Lenços











Vendo lenços, meus amigos
Não lhes vendo ilusão
São multicoloridos
E feitos por meu coração.
Neles perfumo a minha luta
Também a minha história
Todos trazem um pouquinho
Dos muitos dias de glória.
Não carregam a cobiça,
A inveja ... Ou terror,
Nem o medo pela vida
Tampouco daquele doutor.
Nos meus lenços tem magia
Refletem a luz do viver
Neles não há simpatia
Mas, prometo: vamos vencer!

sábado, 2 de maio de 2015

Sonhos de Menina




Relembro os meus sonhos de menina
Hoje estou num corpo adulto.
Percebo que não é fácil nem simples
É tão difícil constituir ideias.

As marcas do tempo sangram a alma
Não tenho mais os olhos de menina
Nem o corpo de adolescente;
Tampouco a pele translúcida ...
... Há muito se manchou.

Onde haviam sedas agora são rugas
Em uma estrutura marcada pelos anos.
E o peso dos fardos -  bons ou ruins.
Carregam muitas pedras em silêncio
E outras transporto com rebeldia.

O que posso dar é o meu tudo
O que possuo sei dividir.
A maturidade que me faz sorrir
Lembrar tempos em que choraria
Apresentar muito mais do que beleza.

E os anos dourados me ensinaram
Aguardar quando algo se vai ... O se esvai.
Aprender a força que vem do aprendizado
Que se as marés —fogem — elas retornam,
E as correntes ocultas não levam destroços...

Tudo por que?
O meu sonho é interminável.

sexta-feira, 1 de maio de 2015

É preciso ...




Preciso agir com o máximo de maturidade
Preciso agir com paciência
Preciso aprender a respeitar o “tempo certo”
Preciso perceber que será preciso bater...
...  Mais do que uma vez na mesma porta
Preciso entender que nem sempre ...
O rio corre mais rápido apenas porque queremos
Preciso descobrir as três virtudes fundamentais
Preciso ter a paciência (para lidar com as diferenças),
Preciso conhecer a prudência (a fim de jamais confiar inteiramente em ninguém)
Preciso desvendar a persistência
Preciso fazer meditação e capacidade de espera.
Sim, é preciso mudar muitas coisas que me incomodam,
E observar o tempo certo!
Mas, é preciso ter humildade
Preciso entender que nem tudo é possível
Preciso aceitar os limites,
Preciso evoluir como pessoa.

Preciso colo de mãe

Preciso alguém que me diga boa noite ou bom dia. Preciso alguém que se preocupe comigo, me queira bem. Preciso alguém que me d...