Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Creio ????????

Imagem
Creio em Deus, creio na vida, Mas não quero crer O valor que será definido Por um amor tão confessado. Creio em Deus, creio na vida, Porém em mim não habita, A hipocrisia ou o desamor De um carinho amaldiçoado. Creio em Deus, creio na vida, Todavia sinto que sangra, E respinga como lágrimas Que jorram em abundância, Ao sentir que meu peito Abala-se em desesperança. Creio em Deus, creio na vida, Entretanto a cada dia Descubro a fantasia Que invade e não sacia A marca de uma magia, Que condena e ironiza Tal qual a serpente vadia, Que ronda aos desesperados.


Imagem
Não gosto da ingratidão, Não gosto de falsidade ou hipocrisia Não gosto de gente metida, Nem de gente que vive a atuar. Não gosto de gente orgulhosa, Gente que se acha por seu corpo, por dinheiro. Não gosto nem sequer de gente vazia. Não gosto de gente que se cala, De pessoas que tem medo de viver, Nem daqueles que não prestam atenção nos outros, Ou que se acham o centro do mundo. Eu gosto de água com gás, De trabalhar! Mas não gosto de barata voadora. Gosto de gente que sabe rir, De quem sente, e sente verdadeiro. Gosto de gente que sabe aproveitar a vida. Gosto de quem tem o coração maior que a cabeça, ...mas sabe pensar. Gosto quando sussurram no meu ouvido, Gosto quando surge aquele olhar, Gosto quando beijam, e quando abraçam. Gosto de pessoas autênticas, e pessoas batalhadoras... Gosto até das pessoas que magoam, Mas aquelas que magoam por serem sinceras. Gosto que briguem comigo quando faço besteira... Gosto mais ainda daqueles que amam, Amam no sentido de amor verdadeiro. Gosto de quem ama me…

Demonstre: faça o favor!

Imagem
Se perguntar o que desejo? Direi. Não preciso seu dinheiro Só espero por seu amor. Não quero palavras vãs Desenhadas, inexploradas, Ou ações desequilibradas, Testemunhas do desamor.
Esperar e acreditar, Imaginar e concretizar, Agir e experimentar, O prazer do ser e do sou.
Esqueça todas as promessas, Encontre-me sem ter pressa, Aconteça, pois interessa, Demonstre: faça o favor!
Basta tanta hipocrisia, Relevantes ironias, Atos, maus tratos, Malditos dias, Eis o desenho sedutor.

Cora, Coralina: um exemplo de razões para viver.

Imagem
Eu não tenho medo dos anos e não penso em velhice. E digo prá você: não pense. Nunca diga estou envelhecendo ou estou ficando velha. Eu não digo. Eu não digo que estou ouvindo pouco. É claro que quando preciso de ajuda, eu digo que preciso. Procuro sempre ler e estar atualizada com os fatos e  isso me ajuda a vencer as dificuldades da vida. O melhor roteiro é ler e praticar o que lê. O bom é produzir sempre e não dormir de dia. Também não diga prá você que está ficando esquecida, porque assim você fica mais. Nunca digo que estou doente, digo sempre: estou ótima. Eu não digo nunca que estou cansada. Nada de palavra negativa. Quanto mais você diz estar ficando cansada e esquecida, mais esquecida fica. Você vai se convencendo daquilo e convence os outros. Então silêncio! Sei que tenho muitos anos. Sei que venho do século passado, e que trago comigo todas as idades, mas não sei se sou velha não. Você acha que eu sou? Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria…
Imagem
As escolhas mudam o ser humano... Diferencia. Escolher é condição de ser diferente, É um joguinho do vídeo game, É a escolha, é o interesse, E a vida são as escolhas É o jogo de uma chance. E se você pudesse jogar novamente? Mudaria a sua escolha? Aceitaria a oportunidade: o mínimo? Mais abraços, mais amigos... Mais? Eu mudaria tudo. Tudo. -Também seria mudada. É escolher e mudar.

Eu ainda sonho, e sonho.

Imagem
Mesmo que o mundo conspire, Mesmo que a luta seja difícil, Eu ainda sonho, e sonho.
Mesmo passando ventos fortes, Mesmo reclamando do frio, Eu ainda sonho, e sonho.
Mesmo deitada a rede, Mesmo embalando ao infantil, Eu ainda sonho, e sonho.

MEU VIVER!

Imagem
Tantas vezes eu penso quando estou sozinha Quando as luzes se apagam e a cortina se fecha  Se não fosse vocês a ajudar traçar um caminho Por certo, não era hoje a mulher que sou. Tantas vezes diante do espelho chorei E nas horas mais difíceis que ainda passam por mim. Mas como se eu fosse um filho vocês levam-me ao colo  Um aplauso, um carinho e volto a sorrir.  São vocês que me dão a força que eu preciso  E a paixão que faz me entregar em cada canção  São vocês a razão dos sonhos que eu vivo  E a vocês agradecer por tudo o que me dão.  Tantas vezes perdida na estrada da vida Duvidei de mim mesma e pra onde seguir Mas vocês numa entrega infinita Acenderam-me a chama sempre que a perdi. E se ainda aqui estou depois de tantos anos Com a mesma inocência da primeira vez É pra dar o quanto lhes amo E receber em troca todo o amor de vocês São vocês que me dão a força que eu preciso São vocês a razão deste sonho que eu vivo E a você, - em especial, meu filho – obrigada por ter gerado você.
Imagem
Entrei na vida, - não se se por acaso, - mas aqui estou perplexa diante dela. Ás vezes sinto e percebo o perfume das flores, Em outros momentos... Arrasa-me as dores causadas por espinhos. Busco o lugar certo, Embora saiba que não existe, E quero saber. Nem sempre se ganha, Por vezes se perde. Nosso ego nem sempre processa a ideia, Mas cedo, ou tarde, Precisamos compreender humildemente Que não podemos tudo. E, que mesmo as pessoas mais positivas Passam por duros golpes. Temos duas escolhas: Ficar se lamentando pelos cantos, ou reagir. Ou compreender a perda, Como processo necessário de aprendizado. Prefiro a segunda opção. Sacudo a poeira e dou à volta por cima rsss!   Ou em cima do que me machucou.

Espelho

Imagem
Domingo. Vi um homem tão sozinho. Tão triste e tão faminto, abandonado pela vida, Apoiado nos seus sonhos, Perdido em seus devaneios. Faminto do estômago, trôpego na alma, Sofrido e a chorar. Em cada lágrima, dois olhos brilhavam, Centenas de esperança faiscavam. Necessitava ser ouvido, ter amparo. - Teria sido jogada a sorte? - Seriam verdade as suas palavras? É tão triste descrer do semelhante, Tão desigual e tão desumano, Tão hipócrita tão deselegante. Mas somos humanos! Racionais, ou não? Temos a grandeza do raciocínio, Temos o dom de acolher, Temos em cada irmão o nosso espelho, Em cada dor a nossa imagem.