sábado, 22 de maio de 2010

Cabeça e mundo

A vida é o pensar

A minha cabeça é o mundo

O cérebro é o meu povo

Que trabalha por esse mundo

E no mundo a poesia sai

Desse cérebro que é o povo.

O meu mundo não pensa em guerras

O meu mundo é só de paz,

Como o colorido de todas as flores

Com o sorriso das crianças

Em liberdade e amores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESESPERADOR

E quando menos esperamos, mais uma tragédia.  Estamos vulneráveis o tempo inteiro; não existe  lugar "seguro". Até q...