Pingos de Felicidade


Na paisagem linda do mar

Nasceu nosso amor, cresceu

E foi crescendo cada vez mais

Tenho medo de dizer: morreu.

Sempre jogando as suas espumas

O mar foi testemunha do nosso amor

Um amor tão belo, tão puro

Quanto a essência de uma flor.

Mas depois de tudo vem a saudade

O desespero e a dor.

A distância que separa

As estrelas da terra

É a mesma que separa o nosso amor.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

E porquê é natal....

Consumismo e Ostentação