Incerteza




Onde esta você
que eu procuro tanto
se encontrei, não reencontrei
deixa-me só e tão distante
em busca da tua voz
incerta da vida que existe
mergulhada na tristeza
sem o brilho do olhar
querendo ir ao encontro
de algo que nem sei decifrar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

E porquê é natal....

Consumismo e Ostentação