sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Incerteza




Onde esta você
que eu procuro tanto
se encontrei, não reencontrei
deixa-me só e tão distante
em busca da tua voz
incerta da vida que existe
mergulhada na tristeza
sem o brilho do olhar
querendo ir ao encontro
de algo que nem sei decifrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESESPERADOR

E quando menos esperamos, mais uma tragédia.  Estamos vulneráveis o tempo inteiro; não existe  lugar "seguro". Até q...