FAMÍLIA ? QUE "NEGÓCIO" É ESSE?

 

Todos possuímos uma família; mesmo que tenhamos ou não restrição, a partir daí os primeiros conceitos serão substanciais diante da trajetoria da nossa vida.

Todavia, na atualidade, a figura paterna desaparece espantosamente , deixando o seu papel de regente, e surge por conseguinte, a fragmentação.

 Nossos jovens envolvidos nessa egocentricidade tornam-se cada vez mais fragilizados, e sucumbem sugados pelas drogas, pela prostituição, por abandono escolar e todas as demais bestialidades. E muitas são as mães que abandonam mesmo antes do nascimento aos filhos. A rejeição é tão horrenda que torna-se espantosa. O que poderia ser a célula mater dissipou-se.

Apesar dos pais possuirem direitos e deveres para com os filhos não exercem mais o controle sócio-cultural e ético-religioso. Buscam transferir para a escola ou terceiros, o que por obrigação e direito, lhes é conferido.

Em verdade há o abandono, a desintegração das famílias.

E a nossa velhice, os nossos idosos? Esses se” contentam” quando são notados em sua existência pois há muito são ignorados.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Eterna Saudade do Meu Pai

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação