É domingo, e eu passei por aqui


  

Domingo,mais um domingo…meio frio diante de um clima nordestino, meio sombrio diante de uma manhã ou início do entardecer.
 Uma visita a net e a espectativa de novos informes, algo não tão repetitivo quanto os diariamente postados: Guerra, fome, miséria, tiroteio, política, ah!...crianças sendo molestadas, adultos incapazes de se dominarem como seres ditos humanos, mas jamais perder a esperança de um dia a notícia postada que apresente bons fluidos.
Êpa! A mensagem é de uma vidente que diz mudar a vida das pessoas. Mas não consegue mudar a sua própria existência.
É domingo! Parece verdadeiro mas é inútil e pretensioso. Chega diante do calendário como se quisesse subestimar aos demais dias da semana. Mostra-se tão pretensioso que os canais de comunicação editam as mesmas tolices porém o preço é mais alto (tão alto quanto a fragilidade humana).
Mas se é domingo algo ou alguém haverá de tentar modificar ao quadro…ouço Renato Russo e as suas letras indiscutivelmente inteligentes...mas sofridas. Testemunhas de uma existência que se molestou diante da vida e da tentative de mudar.
E Renato mudou. Sim, as suas palavras nos transmitem a coragem para lutar, para ter a certeza de que o amanhã existe, e que poderemos vislumbrar dias melhoes.
E é domingo. E eu acredito no amanhã.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação

E porquê é natal....