VOCÊ

Ás vezes eu saio na rua
E penso em você.
Entro nos magazines
E compro você.
Vou aos bares da cidade
E bebo você.
Discuto assuntos anárquicos
E defendo você.
Faço loucuras impossíveis
Para homenagear você.
...........................
Daí nos encontramos:
E nada mais resta de você.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação

E porquê é natal....