Sim. O AMOR EXISTE.


                                                        

Sofremos por buscar a um amor... Será verdade? Ou será que buscamos encontrar um par perfeito, ou seja, com todas aquelas qualidades que rogamos ao bom Deus?
- Senhor, quero alguém inteligente, bonito, que seja fiel, que esteja ao meu lado todas ás vezes que se fizer necessário....E por aí vai. Mas...
Hoje, para ter alguém FIEL, realmente tem que pedir muito a Deus e de quebra uma ajudinha a todos os santos, até porque se instalou em nossas vidas tal modismo de que "ninguém é de ninguém" ou um tal “ficar” e até o famoso xaveco  “dá um tempo”, e isso é fatalmente fato!
Ninguém fica pra sempre... Só se ficar “prá titia” ou por opção, ou por infortúnio da própria existência.
Sofremos quando não temos ninguém para amar... E também quando temos, continuamos a sofrer! E sempre por dois motivos. Todos sabem!!!
“ Sofro porque amo a alguém que não me ama”; “ sofro porque amo a alguém que não é fiel.
Com todas essas qualidades negativas do significado AMOR, consegui descobrir o impossível: o AMOR é tudo quando se é real! É só acreditar, pois ele existe apesar de ouvirmos muitas notícias das barbaridades que estão acontecendo no mundo, o amor existe, e tem mais, não são todas as pessoas que tem a oportunidade de conhecer esse sentimento porque ele é puro, é mágico, é forte.
É o amor existe... Ele não vê cara, cor, bolso, (tá certo que para uns, isso é o que mais importa, mas vamos esquecer isso), ele simplesmente brota, sabe aquele ditado, “cada panela tem sua tampa”, eu acredito que seja verdade, até porque onde menos se espera é despertado.
O fato de muitas vezes não demonstrarmos sentimentos em palavras explícitas torna-se irrelevante diante de preciosos momentos. O importante é procuramos viver intensamente o presente. É dessa forma que podemos construir um relacionamento duradouro, harmonioso e satisfatório: respeitando o tempo e o espaço um do outro.
Não dizer ou ouvir um “eu te amo” não significa que o amor não exista entre nós. O amor existe nos pequenos gestos, na troca de olhares e sorrisos, na cumplicidade, nos risos, nos sonhos e experiências compartilhados.
E amar tem relação com o caráter da própria pessoa e a incentiva a amar cada vez mais e, a saber, amar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação

E porquê é natal....