Eu , o Rei e o Beija- Flor

Os beija- flores são as únicas aves que conseguem ficar literalmente parado no ar, decolar e aterrissar verticalmente, e até dar marcha à ré em pleno vôo, De tão belos e apreciativos deixei a imagem de um colibri tatuado em meu corpo. Creio que temos algo em comum, pois muitas das suas características se fazem presentes em mim.
Para os índios guarani eram aves que encantam junto às flores com o seu esplendor, entretanto não voam de cabeça para baixo: têm dignidade em todos os momentos. Jamais se deixam abater ou se tornar prisioneiras, e têm uma visão apuradíssima. Mas, o que dizer da agilidade?
Os colibris conseguem fazer manobras arriscadas, sem nada temer, e em poucos segundo já estão distante.  Em alguns momentos pairam sobre o ar como se observassem o que lhes rodeia. E por que negar que talvez devido a esse jeito matreiro de ser, não se deixam capturar, não aceita o isolamento.  
Bem, e a vida a dois? rss temos mais uma afinidade: somos independentes e vivemos muito sozinhos. Quem sabe surja ainda algum sobrevivente macho, que seja capaz de ajudar a construir, cuidar e nos proteger. Somos frágeis, porém sabemos o que desejamos.
Quanto ao futuro não temos medo da vida, confiamos e desconfiamos de tudo o que surgir, nem as dificuldades que apreçam serão empecilhos para sobreviver, porque temos como espelho a fênix. E é bom informar da nossa vaidade ao perceber que representamos muito, e nos envaidecemos em saber. É impossível alguém não se encantar com um beija-flor.
Parabéns e um abraço para os amigos e admiradores do meu lindo beija-flor de Nilópolis!




Comentários

  1. ola passei aqui no blog pra dizer que esta otimo
    estou te te seguindo tá
    se voce quiser me seguir agradeço
    abraço e sucesso
    http://cleberbinhocomportamentos.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação

E porquê é natal....