domingo, 19 de setembro de 2010

Herança


Não se preocupe com a minha tristeza
Ela não faz mal a ninguém.
Nasci com ela correndo no sangue
Brilhando nos lábios
Bailando no olhar.
É uma tristeza ancestral
Do seu amor sou herdeira.
Se não fosse eu, triste
Eu não seria eu.
Mas faz parte de mim
Tal qual o meu coração
E esta em meu peito.
É tristeza de sangue indígena
Presa, sufocada, prostituída
Cansada, cassada, sentida
Alfabetizada, enjaulada, suicida.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Preciso colo de mãe

Preciso alguém que me diga boa noite ou bom dia. Preciso alguém que se preocupe comigo, me queira bem. Preciso alguém que me d...