Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social



O problema relacionado ao lixo a cada dia se torna mais comum dentro da sociedade, devido ao aumento populacional, o consumismo e falta de conscientização da população, que descarta os resíduos de forma inadequada em locais inapropriados.
São feitos investimentos em ações para remoção e descarte adequado do lixo, além de regulamentar normas e leis que proíbem o descarte de resíduos em locais públicos. Os dejetos jogados aleatoriamente, além de poluir visual e fisicamente ao ambiente urbano, acarreta diversos problemas públicos como, alagamentos, aumento significativo de insetos e consequentemente, as doenças.
Ocorrem diversas campanhas para conscientizar a população sobre os problemas relacionados a tal problema, porém não é o suficiente. É necessário que sejam criadas leis que proíbam e punam aos indivíduos que descartem resíduos em locais públicos. Assim, a população deverá mudar aos seus hábitos, contribuindo para uma cidade mais limpa e agradável.
Contudo, não basta apenas a mudança de alguns hábitos. É preciso um aterro sanitário eficiente onde o solo é preparado, em seguida sejam depositados os resíduos, e por último aterrados, para que futuramente naquela local possa ser realizado outra atividade que não necessite perfuração do solo ou construções elevadas, como por exemplo praças e quadras de esportes.
Mas, não é o que acontece na grande maioria das cidades brasileiras, em que o lixo é exposto a céu aberto, atraindo animais, e pessoas de classes econômicas inferiores a se arriscar em meio ao lixo a procura de alimento e sustento, correndo o risco de adquirir acidentes e graves doenças.
Portanto, faz-se necessário maior conscientização acerca do papel do homem na preservação da natureza e na manutenção dos recursos naturais necessários à sobrevivência e às atividades humanas. A educação assume um papel importante no desenvolvimento dos conhecimentos, das habilidades e dos valores relacionados à questão ambiental, de forma a poder ajudar na elevação da qualidade de vida. 

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Consumismo e Ostentação

E porquê é natal....