Centenário do poetinha

A poesia de Vinicius representa as raízes da bossa nova, o movimento musical que efervesceu no Rio de Janeiro, no final dos anos 1950, e se destacou pela mistura de jazz com samba. O poetinha – como ficou conhecido - ainda contribuiu para o desenrolar da MPB, que teve início a partir de 1966, sendo considerada como uma segunda geração da bossa nova.
Vinícius de Moraes trabalhou como diplomata, escritor e jornalista, mas seu grande reconhecimento veio de sua criação artística como poeta e compositor. Escreveu muitos sonetos e era conhecido por sua boemia, seus galanteios e por gostar muito de uísque.
Começou a mostrar vocação artística desde pequeno, ao escrever poesias e cantar no coral do colégio onde estudava. Tom Jobim. Francis Hime, Baden Powell, Toquinho e tantos outros formaram magistral parceria com Vinicius.
Na noite de 9 de julho de 1980 morreu aos 66 anos em sua casa na Gávea.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação

E porquê é natal....