É fato.

 
Em casa eu sou a lua
A lua ou o sol
Sou fonte inspiradora
Brilho forte, dom maior.
Sou a fechadura e a chave
A segurança, o amor
O gosto do passarinheiro
Um eterno resplendor.
Eu sou a terra, ou o céu
Eu sou a razão, ou a alma
Eu sou a certeza, não sou parcela.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

E porquê é natal....

Consumismo e Ostentação