Questionamentos.


Evolucionismo.jpg (378×400)

A certeza de que aqui chegamos temos, mas quanto a essência da chegada, é inegável que a discussão sobre tal assunto conduz a vários questionamentos. Ainda assim, somos aprisionados a um hemisfério onde o direito de emitir opinião reflete, muitas vezes, a um fio valioso que é o desencarne, ou momento de passagem.
Muitas vezes, buscamos usar palavras mais amenas diante da morte porque - creio - desconhecemos e tememos a algo que não nos é decididamente vislumbrado como uma realidade. A espiritualidade surge então como um caminho para que possamos desenvolver ao nosso espírito, e hoje muitas são as manifestações onde são refletidos aprendizados.
A religião é uma forma do homem tentar religar-se ao princípio de tudo, e essa idéia contempla a um ser superior que tem o poder de interferir em nosso destino; todavia existem os que negam ou duvidam de tal existência. E dentro dessa contemplação as  religiões podem ser monoteístas ou politeístas.Atualmente as monoteístas (admitem a existência de apenas um ser supremo) são dominantes no mundo.
O espiritismo não é religião, e sim uma doutrina filosófica respaldada em base científica e de consequência religiosa.Nos ensina que "a fé inabalável é aquela que pode encarar a razão,face a face em todas as épocas da humanidade"; não admite que presuma-se que Deus é vingativo,violento,inconsequente...porque um ser onde a misericórdia e a caridade são matrizes jamais poderia igualar-se a raça humana.
Mas, o que é a morte? Acredito que morremos quando nos separamos de Deus pois a nossa vida é um aprendizado onde devemos exercitar com sabedoria a transformação dos defeitos em qualidades pois somos um composto de matéria e energia, essa última não desaparece porque no universo tudo se transforma. 
E a nossa existência evolui em busca da perfeição.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação

E porquê é natal....