terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Natal = Família

Permita lhes dizer que o dezembro aos meus sentidos ecoa em vários ângulos.
É certo que a data comemorativa salta aos nossos olhos, mas bem que poderia servir de alerta aos nossos sentidos. Seria tão bom se tivéssemos a coragem para refletir, para olhar a nossa alma e poder acarinhá-la.
Quem sabe enxugássemos as nossas próprias lágrimas, e cada gota que brotasse servissem como bálsamo aos nossos anseios.
Ah! E se realmente tivéssemos coragem de assumir às nossas culpas, os nossos pecados?!
Mas, persistimos em dizer: É Natal!!!!!!
E queremos nos enganar diante de tudo o que passa diante dos nossos olhos, e dos nossos braços cruzados. Nos lamentamos diante do número incontável dos nossos jovens que "abandonados" são jogados e engolidos pela mãe terra...e queremos admitir que eles foram os culpados. E a família? A família é a célula mater.
Pois é! O Natal é família, é a colheita dos nossos atos; e para colher é necessário plantar, é grandioso ver a árvore florescer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Preciso colo de mãe

Preciso alguém que me diga boa noite ou bom dia. Preciso alguém que se preocupe comigo, me queira bem. Preciso alguém que me d...