Natal = Família

Permita lhes dizer que o dezembro aos meus sentidos ecoa em vários ângulos.
É certo que a data comemorativa salta aos nossos olhos, mas bem que poderia servir de alerta aos nossos sentidos. Seria tão bom se tivéssemos a coragem para refletir, para olhar a nossa alma e poder acarinhá-la.
Quem sabe enxugássemos as nossas próprias lágrimas, e cada gota que brotasse servissem como bálsamo aos nossos anseios.
Ah! E se realmente tivéssemos coragem de assumir às nossas culpas, os nossos pecados?!
Mas, persistimos em dizer: É Natal!!!!!!
E queremos nos enganar diante de tudo o que passa diante dos nossos olhos, e dos nossos braços cruzados. Nos lamentamos diante do número incontável dos nossos jovens que "abandonados" são jogados e engolidos pela mãe terra...e queremos admitir que eles foram os culpados. E a família? A família é a célula mater.
Pois é! O Natal é família, é a colheita dos nossos atos; e para colher é necessário plantar, é grandioso ver a árvore florescer.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

E porquê é natal....

Consumismo e Ostentação