domingo, 11 de dezembro de 2011

Desesperança.


Vida. Não mais a amo.
Sinto a ausência e a minha dor
Caminho, ando e nem passeio
Durmo e acordo nem sei o que é dor.
O que vem a alma
Já não há resposta.
O que chega a carne
Já me abusou
O que traz sentido
Não é verdade
O que é verdade
Não é amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Preciso colo de mãe

Preciso alguém que me diga boa noite ou bom dia. Preciso alguém que se preocupe comigo, me queira bem. Preciso alguém que me d...