PAZ!


A paz esta em meu íntimo
Ela vive por todo o meu ser.
Na neblina, na tempestade
Preenche a minha alma e o meu viver.
Oferece-me o refúgio e a compreensão
Busca no meu ser o desconhecer da ingratidão
Retoma a felicidade do bem querer.
E seja qual for à dificuldade
Hei de lembrar que vivenciarei
Em cada dor um aprendizado
Em cada lágrima o novo conhecer.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

E porquê é natal....

Consumismo e Ostentação