terça-feira, 26 de outubro de 2010

PAZ!


A paz esta em meu íntimo
Ela vive por todo o meu ser.
Na neblina, na tempestade
Preenche a minha alma e o meu viver.
Oferece-me o refúgio e a compreensão
Busca no meu ser o desconhecer da ingratidão
Retoma a felicidade do bem querer.
E seja qual for à dificuldade
Hei de lembrar que vivenciarei
Em cada dor um aprendizado
Em cada lágrima o novo conhecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESESPERADOR

E quando menos esperamos, mais uma tragédia.  Estamos vulneráveis o tempo inteiro; não existe  lugar "seguro". Até q...