domingo, 10 de outubro de 2010

Agonia


Quero morrer de qualquer forma
Quero que passe essa agonia
Quero sumir e esquecer
Que nessas terras passei um dia.
Quem sabe por outras bandas
Sinta-me menos sozinha
Esqueça dessa passagem
Encontre outra vidinha.
Perceba menos maldade
Não sofra do desamor.
O meu peito tão aflitante
Gemendo de tanta dor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESESPERADOR

E quando menos esperamos, mais uma tragédia.  Estamos vulneráveis o tempo inteiro; não existe  lugar "seguro". Até q...