A mais doce das invejas



Meu sonho maior em vida
É poder saber o que é ter mãe.
Tenho a mais doce das invejas
À vontade que não cessa
A esperança incontida
Dos braços de uma mãe.
Quero sentir o carinho, o aconchego,
O cheiro, e ate o respeito,
Desse ser que guardo em meu peito
Mas que nunca conheci.
Imagino com os olhos molhados
O coração espedaçado
A incerteza em cada passo
A dor por esse sofrer.
E em cada dia que se vai
Muito e muito sinto doer
Porque sei não vai aparecer
Esse alguém por que sonhei.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação

E porquê é natal....