TRISTEZA


A tristeza é universal
E todos nós sentimos
Basta sentir o abandono
Ouvir gritos e gemidos.
Se olhamos para a frente
 E não enxergamos a ninguém
Nada seremos.
A tristeza dói a alma
Sem alcance do viver
Sem razão de tal sofrer.
Rabisco palavras, desejos
Embora o coração padeça
Ansioso por sossego
Após longa noite de abandono
Em que o silêncio, flagela o destino


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

E porquê é natal....

Consumismo e Ostentação