Nada restou




Andar pelo mar
Seu cheiro no ar
Poder me lembrar
Do verbo amar.
Apenas sentir
Em teus braços dormir
Ao amanhecer vou sorrir
Tudo vai colorir.
Queria muito envolver
Em teu mundo meu ser
E por cada anoitecer
Esperar o amanhecer.
Mas em tudo mudou
Nosso amor acabou
Creio, alguém nos roubou
Hoje nada restou.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação

Eterna Saudade do Meu Pai