quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

AUSÊNCIA


Seria ausência ou pedido de clemência?
Seria perder-se ou encontrar--se?
Seria a busca ou o reencontro?
Seria o bálsamo ou a própria vida?
Seria....seria....seria? Será?
Humanos já não mais se encontram. Se desencontram.
Impossível conceber a confiança. Se malandreiam.
O perdão não mais é a solução. 
O afeto já não tem teto.
O amor já se afastou.
O coração já não mais pulsou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

DESESPERADOR

E quando menos esperamos, mais uma tragédia.  Estamos vulneráveis o tempo inteiro; não existe  lugar "seguro". Até q...