Por um fio.




São amores proibidos

Vividos e vivenciados

Beijos furtivos

Abraços roubados

Corpos que se encontram

Quase que jogados

Inertes ao tempo

Debruçados num vazio.
..................................

Em busca de sonhos

Por gemidos em cio

Dilacerados, espedaçados

Entregues a sorte.

Ao mundo ... Sombrios

Filetes de almas

Destroços, carcaças,

Embaraçadas,

Em busca de almas

Amarradas a um fio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

E porquê é natal....

Consumismo e Ostentação