ABERTURA da COPA no BRASIL/2014





São Paulo, 12 de junho de 2013, dia dos namorados, e sorte de Santo Antônio, que não foi sacrificado na data em sua homenagem para que o mundo assistisse a um estádio vazio, onde para a sua construção inacabada, vultosas quantias foram enterradas.
O som de péssima qualidade, oito criaturas vestidas de baianas, Jennifer Lopez não conseguia sair do buraco criado (acho que o tal buraco era para mostrar a situação em que se encontram os brasileiros), e o Pitbull deu uma de tatu bola para ajudá-la. Não é possível esquecer da cantora brasileira, Cláudia Leite, associou a sua roupa, a uma homenagem nada discreta a “ galinha pintadinha. ”
Ah! E o globo dos anos 70 em cima de uma lona? Que foi aquilo que aconteceu? A FIFA faz tantas exigências para expor o Brasil de maneira tão ridícula! A expectativa ficou quando o mundo esperava que do tal ovo/globo, - provavelmente do ninho da galinha pintadinha – explodisse, e dali saíssem pedaços do PT com seus integrantes pra todos os lados.
Não aconteceu isso, e as vaias foram unânimes quando a ilustre Presidente da República apareceu, até porque embora tenha confirmado presença no estádio, Dilma Rousseff não foi vista em nenhum momento nos telões e também não discursou.
Começo de par-ti-da...Isso mesmo, no jogo Brasil x Croácia constatamos a veracidade de que “brasileiro é bonzinho, ” quando o lateral-esquerdo Marcelo marcou contra o primeiro gol da Copa do Mundo-2014. Mas, tudo bem! O árbitro Yuichi Nishimura decidiu que seria destaque internacional, e foi avante ao marcar um tal pênalti – ai meu, nosso bolso.
O futebol brasileiro precisa ganhar, mostrar para o seu povo que o importante não é vencer, e sim ganhar.
E não é concebível que, enquanto isso, fossem homens e mulheres dignos que estivessem promovendo vandalismo. Que vergonha!!!!!
E as tais celebridade vem assistir a finalização do que chamam encerramento. E realmente terminam a copa do mundo, o que nos restará serão dívidas, aumento de impostos, eleger aos queridos políticos que tanto dignamente lutam, e muito mais, a certeza de que verdadeiro herói é o tatu bola, agora considerado e preservado, deverá rapidamente voltar para o seu buraco e não aparecer nunca mais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

E porquê é natal....

Consumismo e Ostentação