Mais que de repente deu vontade de um abraço...
Uma vontade de entrelaço, de proximidade...
De amizade, sei lá!
Talvez um aconchego amigo e meigo,
Algo que enfatize a vida e amenize as dores... 
Ou quem sabe fale sobre os amores,
Que seja afetuoso e ao mesmo tempo forte...
É isso: deu vontade de poder ter saudade de um abraço.
Um abraço que eternize o tempo e preencha todo o espaço.
Fazendo lembrar-me do carinho que surge devagarinho,
Lembrar-me do calor das mãos a dizerem: - Estou aqui.
Ou ainda: - Estou com você! 
Um abraço que desate os nós,
Que transforme em envolventes laços...
Que sirva de "colo", afastando toda e qualquer angústia.
Que desperte a lágrima de alegria e acalme o nosso coração.
Um abraço que traduza a amizade, o amor e a emoção.
E para um abraço assim, só consigo pensar em você.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

Consumismo e Ostentação

E porquê é natal....