Homenagem ao Mano



Prestar homenagem a alguém creio que seja fácil. Entretanto homenagear e orgulhar-se daquele que admiramos é uma tarefa que requer o exercício do amor.
Valho-me nesse momento em que possuo um canal direto com o mundo para expressar o afeto que tenho por meu irmão mais velho, Herval. Como se não bastasse dentre as suas qualidades, foi premiado ao nascer com o nome de um homem que foi o maior exemplo de honradez e sabedoria: o nosso pai.
Os anos passaram e o nosso velho foi transferido a pedidos insistentes de um Ser Superior para outro plano, onde – certamente – permeia a sua sabedoria e a grandeza das suas sábias palavras. Podemos e devemos admitir que se irritava por coisas que considerávamos “simples”, mas hoje, em muitos instantes reverenciamos aos seus atos.
Creio que o mano também herdou do nosso velho as rabugices e teimosias, as neuroses e... O amor! Ah! E como era tímido ao demonstrar o seu sentimento. O nosso pai foi ex-combatente, e acredito que esse fato em muito tenha influenciado aos seus atos; como militar da marinha desse nosso Brasil honrou a Pátria, e nos ensinou a valorizar as insígnias desse País.
Quando partiu, numa terça-feira, 20 de março, quase ás 21h00min horas vitimado por um câncer, nos remeteu a momentos marcantes da nossa convivência e, jamais deixou de ser presença em nossas vidas. Eu o amo, e para sempre o amarei.
Herval, o Filho, - pai também de cinco filhos - é presença marcante na vida de todos que lhe rodeia. É exemplo de perseverança e generosidade, é cabra macho, nordestino, e como tal, amado e admirado. Acompanho a sua história de vida e só posso agradecer pelo comentário que postou quando publiquei A Educação me fascina:

“Kátia, parabéns!!!

Poucos sabem que, além de educadora, você também é advogada há 37 anos. Digo isto, porque sei e vibrei com a sua passagem no vestibular, quando ainda era um garoto que cursava o antigo ginasial. Você recusa o rótulo boçal de Dra. Kátia, mas saibas que és uma Doutora Honoris Causa em educação, reconhecida por seus ex-alunos, muitos deles também doutores, através dos seus ensinamentos. Ensinamentos estes que não se limitam ao conhecimento cognitivo, sobretudo a educação cidadã, que os coloca no mundo para servir e replicar seus conhecimentos.
Você é um grande exemplo, minha irmã, e eu tenho o orgulho de poder escrever isto a teu respeito.
Grande beijo,
Herval

Irmão,

Tenha a certeza de que ser educadora é um presente de Deus, e poucos são privilegiados por essa dádiva. O educador é amante das artes, das filosofias, e de todas as ciências e manifestação quer sejam da vida ou da morte.
 
Tenho em mim a presença da espiritualidade e a certeza de que em tudo o que faço nada sou se não tiver ao meu lado um outro ser ( e até ousaria dizer, mesmo que seja um vegetal).
Os títulos e honrarias não foram "encomendados" para mim. Sim, sou advogada, mas não compactuo com as arbitrariedades e vaidades que tanto encantam aos causídicos. Orgulho-me de todo o meu empenho para obter o diploma pela UFBA, a tal sonhada e disputada carteira da OAB, mas e muito mais de dispensar aos floreios. AH! Doutora? O fato é que o título de Doutorado é atribuído às pessoas que fizeram um curso de especialização strictu-senso, e apesar de possuir, quero que fique claro:
                                   EU SOU EDUCADORA e ponto.

 

Comentários

  1. Kátia,

    Você é mais que um educadora. Você faz parte da vida dos seus educandos. Disso, eu tenho certeza.
    Obrigado por suas palavras. Eu não mereço tanto.
    Beijos!
    Herval

    ResponderExcluir
  2. Olá Kátia!
    Bem, não conhecia o seu blog e nem a irmã do meu queridíssimo amigo Herval! Muito prazer! rsrs
    Em primeiro lugar, parabéns pelo belo texto e homenagem ao seu irmão. Dá para sentir através do texto o grande amor de vocês, expressado em admirações mútuas. Isso é fantástico!
    Não sou muito boa para falar do amigo Herval. Ultimamente tenho sido repetitiva, redundante, porque o admiro demais e qualquer coisa que eu escreva chega sempre no mesmo ponto: ele é uma pessoa maravilhosa e excepcional! A minha admiração é imensa pelo escritor, poeta, amigo, homem, pessoa humana que ele é!
    Parabéns a essa família de pessoas maravilhosas!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  3. Justamhomenagem, Kátia. Ambos trabalhando em prol de um mundo melhor e de um espaço mais humano na net.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Lixo: questão de cidadania e responsabilidade social

E porquê é natal....

Consumismo e Ostentação